quarta-feira, 6 de agosto de 2008

ENTENDER É PAREDE, PROCURE SER UMA ÁRVORE

Quando abri a Internet hoje vi uma matéria que tinha por título: ”Veja qual árvore você é no horóscopo druida”. Nossa, nem sabia que isso existia, mas achei interessante a idéia de “ser árvore”. Os druidas acreditavam que as árvores não eram somente a essência da vida, mas também um recurso para prever o futuro e descobrir o destino de uma pessoa. Para eles, as árvores eram extremamente importantes, já que dependiam delas para construir suas casas, além de fornecerem alimentos. Simbolizavam a ligação entre o céu e a terra, pois suas raízes desaparecem dentro do solo e seus galhos se elevam ao céu. As folhas também tinham seus próprios significados: as folhas caducas (aquelas que o vento varre durante o Outono) e as perenes (folhas que não caem) representavam os opostos, sendo que as caducas simbolizavam o nascer e o morrer, e as perenes, a imortalidade da alma. Cliquei no link e descobri que sou uma “Quaresmeira”! A seguir as qualidades dos “nascidos sobre o signo da Quaresmeira” etc. e tal. Não satisfeita dei um pulinho básico no Google, é claro. E descobri coisas que me fizeram refletir. Elas têm esse nome porque florescem próximo da Quaresma, aquele período que começa na Quarta-de-Cinzas e termina na Páscoa, mas podem ainda florescer em outras épocas do ano! Tudo a ver! Também florescemos em períodos específicos – como, por exemplo, quando temos um filho ou nos apaixonamos – mas podemos sim, sair por aí florescendo independente desse ou daquele motivo! Descobri mais: a Tibouchina mutabilis, uma das espécies, tem a coloração de suas flores transformadas à medida que envelhecem: passam do branco para o roxo. Imediatamente me lembrei daquela música cantada pela Elba Ramalho que diz: “como violetas velhas a procura de um colibri”. Quem disse que ao envelhecermos dia após dia deixamos de procurar/esperar colibris? Tal como as árvores, seguimos pela vida com nossos ramos e raízes cada vez mais profundos, recebendo passarinhos, acolhendo pessoas, tendo períodos de sombra e de Sol, de Inverno e Primavera, mas sobretudo tendo o privilégio de poder assistir todo esse espetáculo que é a Natureza.
Pra quem quiser identificar a própria árvore, segue o link: http://www1.uol.com.br/bemzen/horoscopodruida/

Nenhum comentário: