sexta-feira, 21 de novembro de 2008

PRA VOCÊ, POETA

Existem momentos em nossas vidas que mesmo que durem um segundo ou horas são eternizados tanto na memória quanto em nossos corações. Podem ser bons ou ruins, mas o efeito que eles têm sobre a vida de cada um talvez seja o mesmo da chegada da primavera ou do inverno. Ontem pude vivenciar um desses momentos e privilegiada que fui, de rara beleza. Já senti algumas vezes a sensação de que se o mundo acabasse em determinado segundo, eu morreria feliz. Com o coração pleno, diante, por exemplo, do êxtase de rever uma amizade que há muito não via, do cheiro do café pela casa, de ser recebida com a alegria do meu cachorro, de deitar no travesseiro com a paz de “missão cumprida”, de receber e dar um abraço onde as almas se encontram, não apenas os corpos... Ontem, pude estar em meio a pessoas novas, todas na mesma sintonia. Tudo isso tendo como pano de fundo, uma mesa de bar, um banquinho e um violão (além do cavaquinho, é claro). Muitas vezes não conseguimos entender o amor, mas garanto que o melhor é senti-lo. Principalmente quando ele emana de coisas simples e toma conta de todo o ambiente, de todos os presentes. E agora estou falando de música. Daquela que é feita e tocada com o coração, da troca de energia que o artista faz com seu público, no prazer indescritível vivido naquele momento, quando sentimos que nosso coração se renova, nosso espírito se eleva e nossa vontade é apenas de agradecer. Ontem, vivi um desses momentos para sempre eternizados. E ouvi, com o coração, ajoelhada em espírito, com a sensação de que era a pessoa mais feliz do mundo por simplesmente estar ali, viva, participando de um verdadeiro banquete musical. Valeu Poeta, você mora aqui, no meu coração, por ser simplesmente você. Obrigada!

22 comentários:

Sophie Lóren disse...

pra mim, música é a maneira mais singela, mais completa, mais inesquecível de nos lembrar o que é o amor e a felicidade... sou uma amante da música e acredito que apenas ela me faz sentir esse tipo de sensação... ótimo post... abraços

Cara de 30 disse...

Hmm... Bonito texto, pra variar. Só fiquei boiando sobre a identidade do poeta... :P

Cami disse...

Haaaa Carla!
E o que seria de nós se não fosse a Arte???

Fico feliz sabendo que viveste tão deliciosa emoção.
E que venham mais, não é?

Beijos!

Dama de Cinzas disse...

Fico feliz por vc!

Não tenho tido um momento desse tem um tempinho, tanto que hoje estou bem deprê, mas passa!

Beijocas

[Farelos e Sílabas] disse...

...

Ah, o amor e suas raízes,
e seus mais diversos sons,
os que ficam e germinam na memória!

Pra aguar o bom do amor, coração com janelas abertas. É o que te desejo!

OBRIGADO pelo carinho nas tuas palavras!

Bj.

...

Cadinho RoCo disse...

Mais que oportuna esta nifestação a quem presta a você momento de ternura capaz de coloca-la em dimensão tão sensível.
Cadinho RoCo

ML disse...

Uau!
A alegria não tem tempo mesmo (nem preço).
Um segundo pode ser inesquecível, anos podem parecer apenas sefundinhos (afinal, quando se vão, duraram tão pouco - nem o dobro deles seria suficiente).
Bom final de semana para você e obrigada pela reflexão.

bjnhs

Flávia Lago disse...

A música tem o poder de aproximar as pessoas e a arte...
Ah, a arte! Pra mim é a maior expresão dos sentimentos...das emoções.
Tbm me sinto muito feliz assim.

Carpe Diem!

Um abraço.

Flávia Lago disse...

A musica tem o poder de aproximar as pessoas...
A arte em si detém esse poder...
Muito bom esse mundinho.
beijos

Robson disse...

Opaaaaaaaa minha querida Carla, mexeu comigo agora... Nossa sou totalmente suspeito pra falar de tudo o que descreveu, só cantando um dia pra vc ouvir.
Bj

Adriano Queiroz disse...

Este momentos são mágicos.
Você conseguiu passar esta energia.
Música é poesia cantada, né?! (tem umas que não)

Abraços.

Jana disse...

"A arte existe para que a verdade não nos destrua"
Assim falou Nietzsche.

Belo texto querida.
Um beijinho doce.
:)

Dany disse...

Música marca muito e faz com que momentos se tornem inesquecíveis!
Bjs... lindo texto!

Flávia B. disse...

Conta pra gente quem é o Poeta? ;)

Luiz Calcagno disse...

Tem coisas que não podem ser ditas diretamente. Precisam de rimas para se expressar, precisam de tons, de cadência...

Junkie careta disse...

Juro que sei o que é isso baby. E "piora' quando vc aprende a tocar um instrumento e com ele dialogar.Música é meu paraíso particular.Eu já fui salvo por ela diversas vezes.

Quando tiver um tempinho, apareça no Spleen rosa-chumbo.Nesse último post, eu falo dos limites entre o real e o imaginário no mundo virtual, falo sobre sentir-se íntimo de alguém pelo que ela escreve,especialmente aqui na blogesfera.

Acho que vc vai gostar.

Grande abraço

O Grosso da Bossa disse...

Com certeza o show do Poeta com seus parceiros foi indescritivelmente demais. Reforço aqui o meu pedido de que, assim que fizer novo contato, leve a ele os meus parabéns pelo "baião".
Obrigado pela momento oferecido!
bjs...

mundo azul disse...

A música nos eleva, mesmo...
Que bonita homenagem para o Poeta!


Beijos de luz e o meu carinho...

meus instantes e momentos disse...

muito bom conhecer teu blog, parabens, foi bom vir aqui.
maurizio

Tatah Marley's Confissões disse...

a arte, demonstrada da forma que for, é maravilhosa e devemos saber apreciar cada segundo dela!
a vida é uma arte!
beijinhos! ;*

Cris Animal disse...

Oi Carla ! Obrigada pela passagem no meu blog.
Isso, me trouxe aqui...rs
Li alguns textos seus, ao acaso...acho que pela intuição dos títulos....rs
"Vai e vem"...LINDO!
Não que os outros não sejam, na verdade, ainda nõ xeretei em tudo,mas esse texto prendeu minha atenção.
Linkei vc e voltarei por aqui.
Uma semana de paz.
Cris Animal

CARLA ROCHA disse...

Selinho pra você no blog querida! Beijo grande!